Comportamento ético GRI 103-1, 103-2, 103-3

Estamos comprometidos em gerir nossos negócios com os mais elevados padrões de ética e integridade e, baseados nesse compromisso, em 2018, otimizamos nosso Programa de Compliance que detalha especificamente a conduta que esperamos de todos os nossos empregados e terceiros ao lidar com as mais diferentes situações. O Conselho de Administração é um dos principais agentes na promoção do programa e estamos determinados a assegurar seu cumprimento, para que possamos administrar nossos negócios de acordo com os mais elevados padrões, com penalização para atos que não estejam em conformidade com nosso programa. A área de Gestão de Riscos, Controles Internos e Compliance é a responsável por gerir e disseminar esse programa. Vinculada à Diretoria Financeira, a área conta com o apoio da Auditoria Interna.

Um dos principais pilares do Programa de Compliance é o Código de Conduta Nexa, essencial na orientação das atividades e no apoio às decisões tomadas em todos os níveis de nossa companhia. Pautado nos valores centenários do Grupo Votorantim, este documento foi revisado em 2018 e norteia nosso comportamento interno e a maneira como interagimos com diferentes públicos. No ano, todos os membros do Conselho receberam treinamento em diretrizes relacionadas a direitos humanos. A partir do primeiro trimestre de 2019, o treinamento será aplicado a todos os nossos empregados. GRI 412-2

O Código de Conduta é um documento público, compartilhado com todas as partes interessadas, incluindo empregados, fornecedores, clientes, comunidades, ONGs, entidades governamentais, acionistas e demais indivíduos e organizações com as quais nos relacionamos, de modo a assegurar que tenhamos sucesso em alcançar a excelência em todas as nossas práticas.

Nossas crenças e nossos valores estão detalhados na internet (www.nexaresources.com/beliefs-and-values). GRI 102-16

Novas políticas ODS 10.3

No ano de 2018, a área de Compliance passou por uma reformulação, em linha com sua estrutura e abrangência global, padronizando as diretrizes para todas as unidades. Revisamos e otimizamos nosso Programa de Compliance, com o objetivo de assegurar a conformidade com as leis dos países onde atuamos. Publicamos quatro novas políticas (Compliance; Anticorrupção; Antitruste/Concorrência; e Prevenção à Lavagem de Dinheiro e Financiamento ao Terrorismo), disponíveis em três idiomas no site da companhia (https://ri.nexaresources.com/documents), assim como nove procedimentos internos que detalham o gerenciamento desses temas no dia a dia. ODS 16.5

Analisados e aprovados pelo Conselho de Administração, esses documentos abordam aspectos como direitos humanos, contribuições políticas, conflitos de interesses, direitos e deveres do trabalhador, entre outros temas. Como a política Anticorrupção sofreu alterações, um novo e-learning está sendo preparado para ser aplicado a todos os representantes da Nexa em 2019. GRI 205-2

O Código de Conduta também foi atualizado à luz das novas políticas. Além da consulta online dos documentos, dúvidas podem ser esclarecidas diretamente com a equipe de Compliance. Para disseminar os documentos a todas as instâncias da empresa e fornecedores, foi enviado comunicado por e-mail e entregue material físico para consulta. A assinatura do Protocolo de Recebimento confirma que o documento foi recebido.

Em todos os países, promovemos em dezembro um Compliance Day, envolvendo conselheiros de administração, gerentes e gerentes-gerais. Em 2019, essas atividades serão estendidas para toda a organização. No período, não foi confirmado nenhum caso de corrupção ou violação de leis antitruste e antimonopólio envolvendo empregados ou parceiros de negócios. GRI 205-2, 205-3, 206-1

Os temas referentes à Compliance são reportados ao Comitê de Auditoria, que se encarrega de levá-los periodicamente ao Conselho de Administração.

Linha Ética GRI 102-17 ODS 5.1

Para conhecer, analisar e resolver qualquer questão referente a Compliance ou para relatar possíveis violações do Código de Conduta ou qualquer política, procedimento, lei ou regulamento, disponibilizamos para os públicos interno e externo a Linha Ética. Por meio desse canal, é possível denunciar, de forma totalmente anônima, qualquer suspeita de crime financeiro, fraude, corrupção, discriminação, assédio ou outros tipos de violações éticas. Disponível em português, inglês e espanhol, o serviço pode ser acessado por meio do endereço eletrônico (https://secure. ethicspoint.com/pt/ethics-line) ou por telefone (Brasil: 0800-892-0741 (português); Peru: 0800-50-000 (espanhol) e 0800-50-288; Estados Unidos: 1-855-888-9926; Áustria: 0800-200-288; Canadá 1-855-888-9926 e 1-855-350-9393; e Luxemburgo: 800-201-11 (inglês e francês).

O canal é administrado por empresa externa independente e qualificada, que recebe todas as queixas, faz uma classificação preliminar e libera o acesso sistêmico aos membros do Comitê de Conduta da Nexa, os quais são responsáveis pelo tratamento das queixas, pela condução das investigações e pelas recomendações de medidas corretivas, quando necessárias.

Comitê de Conduta GRI 102-17

O Comitê de Conduta é uma instância executiva integrada pelo CEO da Nexa e os responsáveis pelas áreas Jurídica, de Recursos Humanos, Compliance e Auditoria Interna, podendo solicitar a participação de outras áreas, se necessário. Em qualquer caso que envolva membros da Diretoria-Executiva, o Comitê de Conduta encaminha a questão ao Comitê de Auditoria e ao Conselho de Administração a fim de sempre garantir a independência do processo. Essas instâncias são responsáveis pela investigação e gestão das penalidades.

Todos os relatos são avaliados e acompanhados até o devido desfecho. Em 2018, foram recebidos por meio do canal 139 relatos, sendo resolvidos e/ou encerrados em um período médio de 28 dias, ante 41 dias no ano anterior.

Reclamações e denúncias de outra natureza, como serviços a clientes, gestão de fornecedores ou temas relacionados a comunidades são dirigidas ao Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC), e, no caso de questões trabalhistas, à área de Desenvolvimento Humano e Organizacional (DHO).

7 Para os 27 casos considerados procedentes, 10 foram relacionados a assédio e/ou abuso de poder e 17 a perseguição, desrespeito e discriminação. Para todos os casos foram adotadas medidas corretivas, tais como: demissões, advertências verbais, suspensões e/ou transferências.

Avançamos nos processos de padronização da due dilligence para a avaliação de fornecedores, que é realizada no início e ao longo dos contratos de terceiros. As documentações solicitadas aos fornecedores objetivam tanto assegurar a aderência às políticas e Código de Conduta Nexa quanto às exigências de países com os quais temos relações comerciais.