Colaboradores de Cerro Lindo

Somos uma empresa produtora de zinco, em larga escala, integrada e de baixo custo, com mais de 60 anos de experiência no desenvolvimento e na operação de ativos de mineração e metalurgia na América Latina. Nosso principal acionista é a Votorantim S.A. (64,3%), que constituiu a Nexa Resources S.A. há três anos, a partir da integração entre as operações brasileiras e peruanas. GRI 102-1

Desde outubro de 2017, nossas ações são negociadas nas bolsas de Nova Iorque, nos Estados Unidos, e de Toronto, no Canadá. Nossa sede está localizada em Luxemburgo e as sedes administrativas ficam nas cidades de São Paulo (Brasil) e Lima (Peru). Nossos escritórios comerciais estão localizados no Brasil, no Peru, nos Estados Unidos e em Luxemburgo (que passou a coordenar as relações comerciais realizadas pelos escritórios da Áustria e da China, que encerraram suas atividades em 2019) GRI 102-3, 102-5, 102-10

Atualmente, possuímos e operamos cinco minas polimetálicas de longa vida útil, sendo três localizadas na região central dos Andes, no Peru (Cerro Lindo, El Porvenir e Atacocha), e duas no estado de Minas Gerais, no Brasil (Vazante e Morro Agudo) – e estamos desenvolvendo o Projeto Aripuanã como nossa sexta mina polimetálica, localizada no Mato Grosso, Brasil. Aripuanã está entre os maiores projetos greenfield de zinco em construção no mundo e é nosso maior investimento no país, bem como o maior investimento em mineração no estado do Mato Grosso. GRI 102-2, 102-4

Nossas operações produziram 361 mil toneladas de zinco em 2019. Duas de nossas minas, Cerro Lindo no Peru e Vazante no Brasil, estão entre as 20 maiores minas de zinco do mundo e, combinadas com outras operações de mineração, nos colocam entre os quatro maiores produtores de zinco do mundo em 2019, segundo a Wood Mackenzie. GRI 102-7

Compondo a cadeia produtiva, possuímos três smelters de zinco: um no Peru (Cajamarquilla) e dois no Brasil (Três Marias e Juiz de Fora), que produzem zinco metálico, óxido de zinco e subprodutos. Cajamarquilla é a única operação de smelter de zinco no Peru e está entre as cinco maiores do mundo por volume produzido, de acordo com levantamento da Wood Mackenzie com dados de 2019. No ano, nossos smelters produziram 621 mil toneladas, sendo 584 mil de zinco metálico e 37 mil de óxido de zinco, vendidos a clientes de diferentes segmentos industriais em todo o mundo, como automotivo, construção civil, alimentos, agropecuária, beleza e higiene, farmacêutico, entre outros. GRI 102-4, 102-6, 102-7

Nossa receita líquida em 2019 foi de US$ 2,3 bilhões, o EBITDA ajustado somou US$ 349 milhões, com margem de 15%. No encerramento do ano, tínhamos em nosso quadro 5.760 empregados próprios e 11.470 contratados de terceiros. GRI 102-7

Colaborador de Vazante

Integração

Um de nossos diferenciais é a integração entre minas e smelters, que se aproxima de 60% e tende a aumentar com a entrada em operação de Aripuanã, a partir de 2021. No Brasil, os concentrados de zinco produzidos nas minas de Vazante e Morro Agudo são transformados em produtos metálicos na unidade de Três Marias. Já a planta de Juiz de Fora, além de concentrados, utiliza também materiais recicláveis (como sucatas e pó de aciaria elétrica) para a produção de zinco. No Peru, a maior parte dos concentrados de zinco produzidos nas minas de Cerro Lindo, El Porvenir e Atacocha é beneficiada na unidade de Cajamarquilla.