loader image
Capital Humano

Pessoas e organização
GRI 103-2, 103-3

Gerimos as pessoas de acordo com três focos estratégicos conduzidos pela área de Desenvolvimento Humano Organizacional (DHO): manter uma liderança inspiradora, capaz de fazer uma gestão eficaz de talentos, construir e assegurar as capacidades críticas para a organização e contribuir para aumentar a produtividade e a competitividade da empresa. Estimulamos nossos colaboradores a pensar, agir e fazer diferente. Além disso, entendemos que o bem-estar e o engajamento no trabalho são importantes alavancas para uma melhor performance nos negócios.

Pensando nisso, demos continuidade à consolidação da nossa cultura, o Jeito Nexa, fortalecendo aspectos da liderança na condução desse processo e integrando o RH ao negócio de uma maneira mais efetiva. Queremos tornar tangível para toda a organização a perspectiva da mineração do futuro, que consiste em uma mineradora mais flexível, mais ágil e mais dinâmica, aberta a buscar novas soluções e novas formas de atuar no mercado e em benefício da sociedade.

Para uma gestão de pessoas mais dinâmica trabalhamos com quatro pilares em 2020: simplicidade, colaboração, entrega e pluralidade. Simplicidade significa reduzir hierarquias, ganhando agilidade e flexibilidade nas decisões; Colaboração para aproveitar as competências de cada um em grupos multidisciplinares e buscar novas oportunidades de desenvolvimento de carreira; inclusão e pluralidade, pensando em construir uma organização mais diversa e olhando para as necessidades dos indivíduos.

Saúde organizacional

Mesmo em meio a uma pandemia, a decisão de aplicar a pesquisa de saúde organizacional levou em consideração a necessidade de aferir a satisfação e a motivação dos colaboradores também em um cenário adverso. De maneira surpreendente, avançamos cinco pontos na pesquisa, em comparação com o ano anterior, alcançando 81 pontos e um percentual de participação de 92%, o que demonstra que a organização continuou respondendo positivamente às expectativas do público interno.

Pluralidade
TEMA MATERIAL

Nosso objetivo é criar um ambiente cada vez mais plural, que estimula a inclusão e a diversidade. Começamos a trilhar o caminho da pluralidade ao ouvir líderes e colaboradores, analisar dados internos e avaliar os pontos de melhoria. A cada ano, avançamos um pouco mais no sentido de sermos socialmente justos com os grupos sociais relevantes na sociedade.

A pluralidade abre as portas para um ambiente em que todos em uma organização, sem distinção, possam ser reconhecidos, valorizados, ter voz ativa e poder de decisão. Cada um do seu jeito, contribuindo para a evolução da empresa com sua diferente visão de mundo. Por isso, usamos interna e externamente as hashtags: #jeitonexa #seujeitoéonossojeito #nossojeitomudaojogo, destacando sempre o papel fundamental de cada um na mudança de nossa empresa.

Especialmente no setor de mineração, a pluralidade ainda é um grande desafio. É uma jornada que está em curso e, ao mesmo tempo, é um avanço necessário e urgente numa sociedade cada vez mais exigente.

Acreditamos que a mineração pode e deve se tornar um ambiente mais plural, no qual investir na multiplicidade de ideias, origens, raças, etnias, gêneros, orientações, gerações, inclusão dos profissionais com deficiências no ambiente de trabalho é o caminho para construir uma cultura organizacional mais diversa e promover negócios que reforçam a satisfação dos colaboradores.

Em 2019, já havíamos ampliado o conceito de diversidade dentro da organização, focando não apenas na questão da igualdade de gênero, mas também na inclusão efetiva de pessoas com deficiência. Dando sequência a esse trabalho, criamos grupos de afinidade formados por colaboradores voluntários para discutir cinco temáticas: mulheres, multiculturalidade com Raças/Etnias, LGBTQIA+, pessoas com deficiência e multigerações. Assim, usamos nossas diferenças como potencial para transformar e inovar.

Equidade de gênero

Em relação à equidade de gênero, a Nexa deu mais um passo para ampliar a participação da mulher na mineração, ao assinar a carta de compromisso Women In Mining (WIN Brasil), durante o maior congresso de mineração do mundo no Canadá, o PDAC 2020. Ao longo de 2020, também assumimos o compromisso com a WIN Peru. Dessa forma, reafirmamos o compromisso de fomentar um ambiente de negócios dinâmico, no qual o setor de mineração tem a oportunidade de atrair mulheres, mantê-las, capitalizar seus pontos fortes e reconhecer seus valores. Além disso, é uma oportunidade de adotar um olhar mais apurado para as mulheres das comunidades impactadas pela mineração e valorizar o empreendedorismo feminino na cadeia de fornecedores.

No grupo de afinidade sobre a temática mulher, lançado na semana em que se comemorou o Dia Internacional da Mulher, propomos ampliar a representatividade feminina nos cargos de alta e média liderança, fomentar o desenvolvimento da carreira das mulheres na empresa e implantar as ações propostas pelo plano Women In Mining.

Para 2025, nossa principal meta é atingir 20% de mulheres no nosso quadro funcional. Consideramos esse um objetivo relevante, devido à característica do setor mineral de ser formado majoritariamente por homens. Em 2020, nosso quadro de colaboradores era formado por 14,2% de mulheres, um avanço de 1,2% em relação ao ano anterior. Entre as iniciativas, destacamos o projeto em Aripuanã (MT), onde estamos trabalhando para que o quadro de colaboradores seja composto por mulheres em todas as áreas e diretorias. Isso nos posicionará como uma das primeiras minas do mundo a ter uma operação com presença massiva feminina.

Podemos destacar ainda a aprovação da ampliação da licença maternidade no Peru, de 98 para 180 dias, passo importante na garantia de bem-estar e segurança para as mães. Realizamos, também, na unidade de Cajamarquilla, o Mujeres Power – processo seletivo com foco na ampliação da representatividade de mulheres na operação. A seleção contou com mais de 200 inscritas, com aprovação de nove candidatas para atuar nas áreas de Engenharia de Manutenção, Torrefação, Hidrometalurgia e Eletrólise. Além disso, nas unidades de Juiz de Fora e Três Marias, reformamos os banheiros e vestiários femininos, de forma a tornar o ambiente mais agradável e seguro para nossas colaboradoras.

Estabelecemos ainda um ativo Comitê de Pluralidade com várias instâncias de atuação – Comitê Estratégico, Comitê Corporativo e nove Comitês Locais. Todos têm o mesmo objetivo de coordenar a implementação de diversas ações orientadas à promoção da diversidade de maneira uniforme e constante em todas as nossas unidades, apoiando o alcance de metas específicas em relação a questões de diversidade.
É com orgulho que olhamos para o que foi feito, mas é também com a convicção que temos ainda muito a evoluir e de que demos apenas os primeiros passos nessa área.

Perfil dos colaboradores

No encerramento do ano, nosso quadro era formado por 5.349 colaboradores diretos, sendo 3.193 alocados no Brasil, 2.131 no Peru e 25 em outros países, além de 7.136 contratados de prestadores de serviços em categoria permanente. Grande parte de nossa mão de obra é terceirizada, especialmente no Peru, devido à natureza de nossas operações. Do total de funcionários, verifica-se que 15,5% estão na faixa etária de 50 anos ou mais e 14,2% eram mulheres. GRI 102-8, 405-1

A pandemia não inibiu as contratações e contratamos 738 novos profissionais no ano. Houve apenas redução temporária de terceiros nos meses de lockdown no Peru, quando tivemos que dispensar parte da mão de obra que não era própria. Nesse período, conduzimos o nosso processo de recebimento de novos colaboradores, de forma digital, inserido em uma plataforma que também acolheu todo o fluxo de recrutamento, seleção e contratação.

Negociações sindicais

Demos início em 2020 a novos formatos de negociações sindicais, buscando fechar acordos por prazos mais longos, como em Cerro Lindo, onde negociamos condições válidas por dois anos. Também temos conseguido avanços referentes a horas de descanso, modelos de jornada e outras propostas visando o bem-estar dos colaboradores, mas também a competitividade e rentabilidade do negócio.

Outro acordo em andamento é o de cesse coletivo na operação da mina subterrânea de Atacocha, no Peru. Embora haja uma negociação coletiva com o sindicato, temos conduzido negociações individuais com 164 colaboradores próprios, de forma que eles recebam um pacote de demissão mais vantajoso e que possamos continuar operando a mina a céu aberto de forma competitiva e rentável. GRI 102-41

No decorrer do período, não houve, nenhuma greve que tenha se estendido por mais de sete dias em nossas unidades, o que reforça a nossa capacidade de estabelecer um diálogo aberto com os colaboradores e os sindicatos. GRI MM4

Total de colaboradores GRI 102-8
Colaboradores por faixa etária GRI 405-1
Colaboradores por categoria funcional GRI 405-1

Capacitação e treinamentoGRI 103-2, 103-3, 404-2 ODS 4.4

Diante da necessidade de manter o distanciamento social, criamos diferentes ferramentas virtuais de oferecer treinamento e capacitação aos nossos colaboradores, por meio de lives, games e vídeos.

Um programa múltiplo de formação foi priorizado, com foco em saúde e segurança, compliance e saúde emocional, temas mapeados como os mais estratégicos para o momento. Os treinamentos que não eram adaptáveis aos novos modelos foram remanejados, o que implicou na redução de 36% no nosso número total de horas de treinamento. Em 2020, oferecemos mais de 98 mil horas de treinamentos e programas de capacitação para nossos colaboradores, o equivalente a uma média de 18 horas por empregado. GRI 404-3

No ano, destacaram-se os seguintes programas:

Mining Development – Escola técnica de mineração que desenvolve o público interno por meio de uma graduação em Engenharia de Minas e algumas pós-graduações, garantindo o know-how específico e evolução contínua do nosso jeito de fazer mineração. Em 2020, 57 profissionais participaram de cursos dentro desse programa e 29 concluirão sua formação, em 2021.

Mais Talentos em SSMA – Um grupo de seis colaboradores concluiu o programa de três anos em 2020, cujo foco consistiu na ampliação das competências ambientais, sociais e de governança (ESG, na sigla em inglês). Os participantes tiveram a oportunidade de realizar um Short Term Assignment (STA) em outro país para consolidar a experiência, iniciativa que ocorreu ainda antes da pandemia.

Aprendizagem em Aripuanã – De maneira adaptada, treinamos os novos colaboradores em procedimentos e iniciamos um trabalho de desenvolvimento dos líderes para em preparar o projeto para o seu início de produção, previsto para 2022.

Colaborador de Três Marias (MG)

Programa de estágio – O objetivo do programa é promover o desenvolvimento profissional dos estagiários por meio de atividades, treinamento presencial e on-line, compartilhamento de conhecimento com líderes da empresa, referências técnicas e implementação de um projeto relacionado com a área de atuação da empresa. Em 2020, 3.536 jovens se inscreveram para concorrer às 32 vagas abertas para estagiários em diversas áreas da companhia.

Cultivando Lideranças – Demos continuidade globalmente ao programa de desenvolvimento de líderes para reforçar a transformação cultural e formar executivos como líderes. Desde o início do programa, mais de 700 líderes já foram capacitados no Brasil, no Peru e em Luxemburgo. No ano, foram apresentados temas como novas formas de trabalhar, empatia e os 10 comportamentos do Jeito Nexa.

Para 2021, pretendemos finalizar a implementação do nosso Learning Management System (LMS), uma plataforma de aprendizagem que vai nos permitir reduzir em 85% a complexidade de nossa operação em treinamentos, diminuindo significativamente o número de fornecedores, ao mesmo tempo em que teremos um modelo único e integrado de aprendizagem. Por meio dessa plataforma, será possível oferecer capacitações em diferentes formatos, como jogos, filmes, interação, TED, conteúdos em parcerias com universidades nacionais e internacionais.

Colaborador de Três Marias (MG)

Média de horas de treinamento por gênero GRI 404-1

Média de horas de treinamento por gênero

Saúde, segurança e bem-estar
TEMA MATERIAL

As pessoas que fazem parte da Nexa são nosso ativo mais importante. É por isso, que nossa gestão de recursos humanos está alicerçada na preocupação com sua integridade física, bem-estar e qualidade de vida, proporcionando condições de trabalho adequadas e garantindo espaços de trabalho seguros. Por isso, saúde e segurança sempre foram valores primordiais para nós, uma importância que foi reforçada neste ano de pandemia.

Por meio de um Sistema de Gestão Integrado, que leva em consideração requisitos normativos, adotamos as melhores práticas de gestão e elevados padrões de saúde e segurança ocupacional para os colaboradores, próprios ou de terceiros, bem como para as populações situadas nas áreas de influência de nossas operações, projetos e prospectos de mineração. GRI 403-1, 403-2, 403-8

Dia após dia, trabalhamos para fortalecer uma cultura de segurança que não tolera violações, trabalha para corrigir comportamentos de risco, desempenha um papel no planejamento de atividades, que garante a implementação de controles de risco, incentiva a comunicação de condições inseguras e garante que elas sejam corrigidas. Nossas aspirações em saúde e segurança consistem em eliminar fatalidades, reduzir a gravidade, a frequência e o número de acidentes, além de elevar os padrões de cultura de segurança em todas as nossas unidades. GRI 403-2, 403-9

Portanto, o envolvimento e o comprometimento genuíno de toda a liderança nos permite melhorar continuamente as questões de saúde e segurança, que fazem parte de reuniões da alta direção até os líderes de área. Papéis e reponsabilidade são claramente definidos nos procedimentos do nosso sistema de gestão. Da mesma forma, ferramentas de escuta ativa, como o Fale Fácil, os Diálogos Diários de Segurança, as Oficinas de Percepção de Riscos, as Observações de Riscos da Tarefa assim como os comitês entre representante dos colaboradores e da empresa, permitem que todos tenham voz ativa dentro de um sistema de gestão dinâmico e democrático. GRI 403-3, GRI 403-4 ODS 16.7

Também nos empenhamos na promoção e incentivo de hábitos saudáveis ​​aos nossos colaboradores e continuamos a reforçar o modelo partilhado de saúde e segurança no trabalho que visa garantir a gestão dos potenciais riscos de doenças. Um exemplo, é o Comitê de Qualidade de Vida, integrado por representantes de Saúde e Segurança, DHO e Comunicação Corporativa, além de representantes das unidades, definidos por cada comitê local. Este comitê define as diretrizes e ações que devem ser implementadas em todas as unidades, enquanto os comitês de qualidade de vida locais ficam com a responsabilidade de implementar as ações corporativas e locais de acordo com as demandas de cada unidade. GRI 403-3, GRI 403-4 ODS 16.7

Treinamentos e conscientização são imprescindíveis para garantir uma cultura forte e genuína de prevenção de acidentes, cuidado com todas as pessoas e compromisso com a vida. É desenvolvida uma formação sistemática, planificada e contínua em matéria de saúde e segurança para nossos colaboradores, com o objetivo de desenvolver competências e conhecimentos entre os nossos colaboradores e prestadores de serviços para que possam desempenhar com maior segurança as suas tarefas.

Iniciativas de segurança
GRI 403-5 ODS 16.1

Em 2020, alinhado com nossas aspirações estratégicas, especialmente a de eliminar fatalidades, desenvolvemos o Programa de Prevenção de Fatalidades, com implementação dos riscos críticos, controles críticos, das Regras de Ouros e, fortemente, o Direito de Recusa para nossos colaboradores. Para redução da frequência e gravidade de acidentes, foram importantes o Programa Fortalecendo Alianças, o gerenciamento das empresas contratadas, as oficinas de percepção de riscos e a implementação de uma forte rotina. Para elevar o padrão de cultura na organização, são utilizadas ferramentas como Fale Fácil, Diálogo Diário de Segurança, os Programas de Comportamento Seguro, Segurança no Lar sempre com nossa liderança visível e participativa, além de um processo de efetivo de comunicação e mobilização das pessoas. GRI 403-9

Avançamos em seis das oito metas de Saúde e Segurança previstas em nosso Plano Diretor de Sustentabilidade. Destacam-se, por exemplo, as ações de melhoria na preparação e atuação das equipes para situações de emergência e o reforço de nossa imagem externa no tocante à saúde e segurança, por meio da participação em fóruns com clientes e fornecedores. Em termos de comunicação e imagem interna, em 2020 celebramos o Dia Mundial de Saúde e Segurança em nossas unidades na Semana Interna de Prevenção de Acidentes, um evento global que mobilizou diversas pessoas nos diferentes países onde atuamos.

Para 2021 iniciaremos um grande processo de transformação cultural por meio do G-MIRM (Global – Mining Industry Risk Management), desenvolvida pela Universidade de Queensland, na Austrália, voltada para cultura de saúde e segurança baseada em gestão de riscos para a indústria da mineração. Esse conhecimento vai permitir capacitar nossa liderança para tomar decisões com foco na gestão de riscos. Outra grande iniciativa é a implementação do processo de gestão de riscos por camadas, que levará a uma gestão mais efetiva dos nossos riscos com foco nas nossas aspirações.

Iniciativas de saúde e qualidade de vida
GRI 103-2, 103-3, 403-6 ODS 3.5, 3.9, 8.8, 16.7

Uma organização que valoriza a saúde e a qualidade de vida no trabalho por meio de ações de prevenção de doenças, promoção à saúde, bem-estar e qualidade de vida. É assim que queremos ser reconhecidos. Seguindo essa premissa, buscamos, em 2020, alinhar o programa de qualidade de vida (o Jeito Nexa Viver Melhor) com o plano Diretor de Sustentabilidade e a nova normalidade, posicionando qualidade de vida e bem-estar de forma estratégica, e fortalecendo a importância de ações desdobradas nas unidades. O programa está fundamentado em seis pilares: físico, psicológico, ambiente, relação interpessoal, autonomia, crenças.

Trata-se de um conjunto de vários programas associados ao conceito de Viver Melhor. Fazem parte disso o Go Nexa, que incentiva a prática de atividades físicas, alimentação correta, ingestão de água, entre outras formas de cuidar do corpo; o Programa Enfrente, direcionado para as pessoas com dependência química; o Nosso Jeito de Cuidar das Pessoas, em conjunto com DHO, que oferece assistências psicológica, financeira, jurídica; o Desconexa, para desconectar as pessoas depois do horário de trabalho em tempos de home office; o programa de ergonomia, que cuida das melhores práticas ergonômicas em regime de trabalho home office.

Colaboradora de Morro Agudo (MG)
Pensando no bem-estar dos nossos colaboradores, demos continuidade às ações do Plano de Habitabilidade nas unidades do Complexo Pasco e de Cerro Lindo, no Peru.

Acidentes

A Taxa de Frequência com e sem afastamento (TFCSA) de 2020 foi de 2,40, computando acidentes de colaboradores próprios e terceiros. A Taxa de Gravidade (TG) foi de 178. Não registramos nenhum acidente fatal no período, o que demonstra que nossas ações preventivas e de conscientização foram aprimoradas e têm se mostrado eficazes. Para os acidentes graves, assim como os demais, mapeamos e identificamos os riscos associados. Além disso, afim de estabelecer os controles apropriados para mitigar os riscos das atividades, disponibilizamos nossa cartilha de Regras de Ouro, onde apresentamos os riscos envolvidos (nexaresources.com/pt/safety-and-health).

Taxa de frequência de acidentes GRI 403-9

Segurança de terceiros GRI 403-7

O tema segurança é observado com o mesmo rigor e importância para colaboradores próprios e para prestadores de serviços. Buscamos um tratamento igualitário em nossas operações, o que inclui todos os protocolos e suporte para enfrentamento da pandemia. Temos uma preocupação ainda maior nas nossas unidades peruanas, onde cerca de 76% da força de trabalho é composta por terceiros.

Mantemos ações com empresas prestadoras de serviços que vão desde a seleção e a contratação dos parceiros estratégicos, passando pela capacitação dos profissionais de operação e do grupo de liderança dessas empresas, gestão dos riscos nas atividades, até gestão de consequências e reconhecimento para as empresas e profissionais que melhor se adequem aos nossos padrões.

Continuamos com nossas campanhas de conscientização em 2020, dentro do nosso pilar de comunicação, incentivando o comportamento seguro nas unidades e também no trabalho remoto. Em 2020, completamos três anos sem acidentes fatais com prestadores de serviços, motivo de orgulho de sabermos que estamos conseguindo resultados positivos por meio de nossas campanhas de conscientização.

Iniciativas de Saúde e Segurança em 2020