loader image
Capital intelectual

Tecnologia, automação e inovação
TEMA MATERIAL

Esse é um dos viabilizadores dos eixos estratégicos de crescimento e excelência operacional, o que torna nossas operações mais seguras, minimiza desperdícios e otimiza a produção. Investimos US$ 4 milhões em pesquisa e desenvolvimento ao longo de 2020, com US$ 8,9 milhões previstos para 2021 , sendo a plataforma Mining Lab nossa principal ferramenta para a inovação aberta.

O esforço da Nexa na busca pela inovação tem sido reconhecido todos os anos pelo anuário Valor Inovação Brasil. Em sua sexta edição, ficamos com o segundo lugar na categoria Mineração, Metalurgia e Siderurgia.

Trilhando o caminho da inovação, continuamos com participação ativa no Mining Hub, iniciativa que reúne mineradoras, fornecedores tradicionais do setor, start-ups e a equipe do IBRAM (Instituto Brasileiro de Mineração), com o propósito de ser um canal direto de inovação aberta, congregando as tendências do setor e estimulando o relacionamento entre os afiliados. As reuniões de 2020 foram todas on-line, com grande adesão dos membros.

Participamos também do M-Start4 do Mining Hub, com a solução Bloqueio Digital, um programa de segurança que agiliza e garante o bloqueio de todo tipo de energia para manutenção dos equipamentos. Conseguimos, para esse projeto, um aporte de R$ 700 mil por meio do Edital Tecnologias 4.0 da Finep. O sistema será implementado em Vazante, Três Marias e, futuramente, para toda a Nexa no Brasil.

Fomos uma das três mineradoras responsáveis pela criação do Hub de Innovación Minera del Perú, uma iniciativa pioneira no país.

O primeiro desafio de start-ups do Hub Peru trouxe para Nexa uma solução para reduzir o custo com energia elétrica: a utilização de baterias. O projeto consiste em instalar um conjunto de baterias, que serão carregadas no período com a energia mais barata e descarregadas quando a energia é mais cara. Esse projeto já está em etapa de licitação com a área de Suprimentos Nexa e o contrato será assinado ainda em 2021.

Em 2021, a Nexa será uma das líderes do PERUMIN HUB, programa de Inovação Aberta de um dos maiores eventos de mineração do mundo, que contará com a participação de todo o ecossistema de inovação peruano (universidades, centros de pesquisa, instituições e empresas privadas, governo, etc..).

Plataforma mining lab

Desde 2016, buscamos soluções inovadoras nas áreas de mineração e metalurgia por meio do nosso Programa Mining Lab. Embora sempre tenhamos pelo menos uma edição com desafios específicos, a plataforma está aberta a inscrições ao longo de todo o ano, como um desafio contínuo de inovação. Isso significa que qualquer um pode inscrever uma ideia inovadora para o setor, sem necessariamente estar vinculado ao cronograma de alguma chamada.

Nossas parcerias internacionais têm se ampliado a cada ano, permitindo que nesta quinta edição recebêssemos inscrições de 14 países, como Brasil, Peru, Canadá, Chile, Estados Unidos, Alemanha, Israel, Reino Unido. Foi o maior número de países inscritos em uma edição do Mining Lab, reflexo positivo da maturidade do programa.

Uma iniciativa marcante de 2020 foi a realização do Mining Lab University, em parceria com a Universidad Nacional Daniel Alcides Carrión (Undac), no Peru, com desafios voltados para estudantes de graduação. O objetivo foi incentivar os estudantes a desenvolverem habilidades do mundo do trabalho ao resolver um desafio da Nexa. Os vencedores realizaram estágios de verão na nossa unidade de mineração de Pasco onde estão desenvolvendo seus projetos na prática.

Mining lab challenge 2020

A principal novidade desta edição foi o tema Construindo Legados Positivos, com uma visão de que devemos ir além das nossas operações para criar o legado que queremos deixar para as comunidades. Selecionamos empresas que promovem ações que vão além do nosso negócio e nos conectam com a sociedade no entorno das nossas atividades. O desafio contou com outros três temas, sendo que para uma das categorias – Produzindo zinco e cobre – não houve empresas selecionadas, já que nenhuma apresentou uma solução realmente inovadora.

Ao longo do processo, que ocorreu de forma totalmente virtual, recebemos 178 propostas de solução, 50 foram selecionadas para participação no Bootcamp, 13 escolhidas para imersão e 6 chegaram à fase de prova de conceito.

Vencedores Mining Lab Challenge – Ciclo 2020

Projetos em desenvolvimento

Os projetos selecionados passam pela fase de Pesquisa & Desenvolvimento (P&D) para validação do modelo de negócio e da tecnologia em cenários específicos. Aqueles que apresentam resultados positivos seguem para a fase de implementação industrial.

Em relação à edição passada, tivemos a implementação do chatbot da Cedrotech, a Nina, assistente virtual que começou atendendo a área jurídica e ampliou atuação para a área de recursos humanos. Também continuamos o desenvolvimento de nosso coletor nanomagnético, agora em parceria com a Ecolab e desenvolvemos filtros em redes sociais com realidade aumentada para difusão de nossa marca. Alguns projetos da edição passada foram suspensos devido à pandemia e devem ser retomados em 2021.

Assistente virtual da Nexa
Resíduos transformados em vapor

Em 2020, demos continuidade à nossa parceira com a ZEG, start-up brasileira proprietária de uma solução inovadora e patenteada que transforma resíduos sólidos em vapor. A iniciativa busca reduzir o uso de combustíveis fósseis e os impactos causados pelo uso desses insumos a partir de uma tecnologia que pode substituir em até 33% o volume de gás natural usado na planta de Juiz de Fora, considerando sua capacidade máxima teórica de produção de vapor. No exercício, a empresa contratada iniciou a construção de um gaseificador em tamanho industrial. Para alimentar esse equipamento, utilizaremos resíduos carbonosos das nossas unidades no Brasil, que deixam de ir para os aterros sanitários. Também conectamos esse projeto a outra start-up, a Coletando, com experiência em coleta de resíduos recicláveis urbanos, visando a economia circular. Serão instaladas estações de coletas seletiva na cidade e ao redor da planta de Juiz de Fora (inicialmente no bairro Igrejinha), gerando renda para os coletores. Além de fonte de renda para a comunidade, esses resíduos serão futuramente gaseificados pela ZEG.

Mining lab social
A iniciativa contou com uma edição especial no ano: o Mining Lab Challenge Covid-19, em parceria com o Instituto Votorantim e a Beneficência Portuguesa, para trazer soluções inovadoras para desafios que surgiram com a pandemia, num formato ágil e colaborativo. Além de idealizadores, organizamos o desafio, desde a divulgação no ecossistema de inovação até a seleção dos vencedores e acompanhamento da implantação das soluções. Os dois projetos vencedores desenvolveram suas soluções de saúde para três cidades, no interior dos estados de Minas Gerais, Ceará e São Paulo.
UTI Control – A plataforma da 3Wings oferece uma abordagem inovadora para a gestão hospitalar de UTI, em que é possível acompanhar em tempo real indicadores clínicos, epidemiológicos e gestão de leitos à distância, gerenciar a fila de espera da UTI e reduzir o tempo e custo da gestão dos leitos nos hospitais. O sistema foi instalado no município de Sobral, no Ceará para a gestão de 182 leitos, e em Patos de Minas, em Minas Gerais, para monitorar 31 leitos no hospital de campanha local. O contrato, inicialmente de seis meses, foi estendido em Patos de Minas, a pedido da prefeitura, em função dos bons resultados alcançados. Em Sobral, a visão integrada e em tempo real da situação dos leitos do município ajudaram a secretaria da saúde municipal a tomar decisões importantes para o processo de reabertura da cidade.
Aplicativo de saúde mental – A Cíngulo desenvolveu um aplicativo de sessões de terapia guiadas para combater o stress, ajudar a elevar a autoestima, reduzir as inseguranças e a ansiedade e melhorar o ânimo dos profissionais de saúde (podendo ser ampliado, futuramente, a outros profissionais). O aplicativo possui três interfaces: chatbot, sessões em vídeo e suporte emocional com atendimento humano. Foi inicialmente disponibilizado para 250 profissionais do sistema de saúde de Catanduva, no interior de São Paulo.
Colaboradoras de Três Marias (MG)
Colaboradora de Morro Agudo (MG)
Projetos de P&D
Temos projetos de inovação provenientes das edições do Mining Lab e de Pesquisa & Desenvolvimento (P&D), destacando-se as seguintes iniciativas, que se encontram em fase de testes:
Concreto – Executamos testes industriais que indicam alto potencial de utilização do rejeito da metalurgia de Três Marias na produção de clínquer, insumo para a cadeia do cimento. Este projeto está sendo vislumbrado como uma alternativa de médio prazo para o resíduo da unidade. Estima-se um consumo inicial de cerca de 100 mil toneladas de resíduo por ano, um terço do total produzido. Com o tempo, a iniciativa poderá consumir toda a massa estocada eliminando passivos e dando maior longevidade às operações industriais de Três Marias.
Transformação do resíduo de Vazante em produto – Foi desenvolvida rota tecnológica, em parceria com a USP e fomento da Embrapii, para separação da hematita contida no rejeito fresco (atual geração) de Vazante para destinação a outras indústrias, como a siderúrgica. O projeto possui grande potencial de processamento também do rejeito estocado em barragens.
Granito sintético – Projeto com origem na edição de 2018, busca transformar um dos resíduos da cadeia de produção de zinco de Três Marias em um produto vitrocerâmico. A iniciativa já passou por sua prova de conceito, e atualmente hoje está com teste-piloto em andamento. Para o ano de 2021 temos a expectava de seguir para teste industrial. O projeto contribui diretamente com a nossa meta de redução da geração de resíduos.
Rockmass – Também originado na edição de 2018, visa automatizar medições realizadas nas atividades de mineração subterrânea. Encontra-se na segunda versão de produto comercial e está disponível no mercado para todas as mineradoras. O desenvolvimento desse projeto com o uso do Axismapper contribui com o aumento da segurança e redução de custos nas operações.

Confirm8 – Expansão para toda a Nexa com a digitalização de checklist veiculares, análises preliminares de risco, inspeção de barragens, incidentes ambientais, entre outros itens em nossas unidades. Dada a situação de quarentena, a ferramenta também passou a ser utilizada para verificação da saúde dos colaboradores Nexa, ajudando a controlar o contágio dentro das operações.

Meantrix – Projeto de machine learning usado na exploração mineral. Em 2020, abastecemos o sistema com dados e estamos confirmando a eficiência na identificação de novas áreas potenciais para sondagem no entorno de todas as nossas operações (Cerro Lindo, Vazante, Morro Agudo e Pasco). Estão sendo definidas áreas identificadas pelo sistema e entrarão em fase de sondagem em 2021.

Indústria 4.0
Visando ser uma companhia cada vez mais digital, investimos em equipamentos com alto grau de tecnologia embarcada para auxiliar na gestão do negócio. Temos um Plano Diretor de Automação e Informação (PDAI) de transformação digital de nossas unidades produtivas e de novas unidades, a partir do qual destacamos alguns projetos:

Ore sorter

Tecnologia que consiste na separação a seco pelo teor do minério e estéril, melhorando a eficiência e reduzindo o custo da recuperação de metais. Em 2020, a Nexa consolidou a tecnologia de ore sorting em Vazante com um equipamento em operação full time e outro equipamento de maior porte em fase de engenharia básica com previsão de início em 2022. O equipamento atual instalado em 2018 foi responsável por processar aproximadamente 150 kt/ano de ROM a 7%, elevar seu teor para 10,8% e remover 40 kt/ano de estéril contribuindo para o aumento de produção de zinco de 2500 t/ano.

Automação em Vazante

Finalizamos a implantação e modernização do sistema de controle operacional da mina subterrânea de Vazante, o que inclui a automação da Fase I dos sistemas principais de ventilação. Também concluímos a implantação do sistema MES (Manufacturing Execution System), que prevê, entre outras melhorias, a automação de dosagem dos regentes na planta e o controle de acesso de pessoas nas minas. Para o próximo período, planejamos instalar o sistema de anticolisão (evolução do sistema de gestão de frota) e a automatização do sistema de fechamento das britagens.

Colaboradora de Vazante (MG)

Gestão de frota e operação de mina em Cerro Lindo e Aripuanã

Consolidamos o sistema de gestão de frota e operações de mina, conhecido como sistema de despacho, em Vazante, e planejamos disponibilizá-lo em Cerro Lindo em 2021. O sistema também faz parte do plano de implementação de Aripuanã. Ele auxilia a gerenciar as atividades que ocorrem nos equipamentos e status das frentes de operações subterrâneas, bem como o desempenho de equipes e operadores. As principais informações são centralizadas na sala de controle de mina, que fica na superfície. O sistema também integra todas as informações de produção e qualidade, com geração automática e em tempo real de relatórios de controle e planejamento de mina, com aumento de produtividade, controle e redução de custos.

Colaboradores de Juiz de Fora (MG)